sexta-feira, 8 de junho de 2012

Sobre o Jejum

Jejum

O QUE É, COMO FAZER E QUAL O SIGNIFICADO BÍBLICO



O jejum é uma das disciplinas mais poderosas da bíblia. Ao mesmo tempo é uma das orientações espirituais mais negligenciadas. Na verdade, tem sido ignorado por tanto tempo que é difícil encontrar informações sobre o "como fazer" para empreender essa experiência que tem poder de mudar sua vida.

Quando o povo de Deus jejua conscientemente, com o correto preparo espiritual, mental e físico - com o espírito quebrantado, arrependido e contrito - Deus ouve e cura nossas vidas, nossas igrejas, nossas comunidades, nossa nação. Um incrível poder é liberado através de você à medida que você jejua e ora. Você pode ser avivado e capacitado pelo Espirito Santo.
As orientações colocadas neste texto pretendem servir como norte para os que têm dúvidas sobre o jejum e aliviar quaisquer preocupações que você possa ter. Basicamente há duas preocupações aqui: orientar o cristão sobre os fundamentos bíblicos do jejum e alertar sobre o cuidado que o jejum requer com a saúde. Munido dessas informações você vai poder trazer para sua vida - com segurança - uma das mais extraordinárias e poderosas experiências espirituais permitidas por Deus.

Índice


Por que fazer jejum
Se você ainda tem dúvida sobre o poder e a importância do jejum, aqui estão alguns fatos bíblicos muito importantes:
  • O jejum era uma pratica tanto no Antigo quanto no Novo Testamento. Por exemplo, Moises jejuou (pelo menos) dois períodos de 40 dias. Jesus jejuou 40 dias e ensinou a seus seguidores sobre o jejuar (Mateus 6.16-18) dizendo “quando jejuares“ e não “se jejuares”.
  • O jejum mostra arrependimento “... jejuaram aquele dia e ali disseram: Pecamos contra o SENHOR.” 1 Samuel 7.6
  • O jejum é empregado em momentos de medo, aflição ou angustia “... Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá.” 2 Crônicas 20.3; Davi jejuou quando soube que Saul e Jônatas tinham sido mortos “Prantearam, choraram e jejuaram até à tarde por Saul, e por Jônatas, seu filho, e pelo povo do SENHOR, e pela casa de Israel, porque tinham caído à espada.” 2 Samuel 1.12
  • Alguns demônios só são expelidos com oração e jejum “Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum” Mateus 17.21
  • O jejum é uma maneira bíblica de verdadeiramente se humilhar diante de Deus "... apregoei ali um jejum... para nos humilharmos perante o nosso Deus...” Esdras 8:21. O rei Davi disse “... eu afligia a minha alma com jejum...” Salmo 35.13.
  • O jejum pode transformar sua vida de oração em uma experiência mais rica e mais pessoal.
  • O jejum e a oração são as únicas disciplinas que preenchem os requisitos de II Crônicas 7.14 “se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.
O jejum não é uma punição imposta a si mesmo. Mas, se você jejuar, você vai se humilhar. Você vai encontrar mais tempo para orar e buscar a face de Deus. E Ele levará você a se arrepender de pecados não confessados. Você vai experimentar bênçãos especiais de Deus.

Como jejuar com segurança
     “Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”


     1 Coríntios 6.19

Antes de jejuar o cristão deve assegurar-se que está apto fisicamente a fazer jejum. Não pode de forma alguma se descuidar da preservação do corpo – templo de Espírito Santo e “emprestado” a nós por Deus – e coloca-lo em perigo. Feito corretamente o jejum não só irá provar ser uma bênção espiritual, mas bênção física também.
Um fator fundamental na manutenção da saúde durante o jejum é limitar sua atividade física e descansar o máximo que sua agenda permitir. Pequenos cochilos são úteis também. Além disso faça jejuns alimentares, mas sempre bebendo bastante água.
Você não deve jejuar se:
  • Estiver tomando algum tipo de medicamento.
  • Estiver sensivelmente abaixo do seu peso ideal.
  • Pessoas propensas a anorexia, bulimia ou outros distúrbios, devem primeiro tratar esses problemas.
  • Pessoas que sofrem de fraqueza ou anemia.
  • Gestantes ou mulheres que estejam amamentando.
  • Pessoas que estão enfrentando qualquer tipo de dificuldades com a saúde (tumores, sangramento de úlceras, câncer, doenças do sangue, ou que têm doenças do coração, problemas crônicos nos rins, fígado, pulmões, coração ou outros órgãos importantes).
  • Indivíduos que fazem uso de insulina para a diabetes, ou sofrem qualquer outro problema de açúcar no sangue, tais como hiperglicemia.
Um problema físico torna o jejum uma prática imprudente e perigosa. A melhor atitude é perguntar a seu médico. Em caso de dúvida, não faça.

Quanto tempo e que tipo de jejum é o melhor para mim
Se você nunca jejuou antes, aplaudimos o seu interesse no momento. O jejum sempre esteve fortemente presente na vida de muitos dos grandes líderes espirituais ao longo da história. John Wesley, fundador da denominação Metodista, jejuava toda quarta e sexta-feira e exigia que todos os seus sacerdotes fizessem o mesmo. Grandes ministros de Deus, desde o apóstolo Paulo a João Calvino tiveram o jejum como um instrumento fundamental em suas caminhadas com Deus.
Nenhum desses homens tinha uma "formula de jejum" que seria a única maneira "certa". O jejum está mais relacionado com o que está no coração do que com a quantidade de dias em jejum. Jejuamos porque nos sentimos inspirados por Deus a fazê-lo.
Então, comece devagar. Jejue uma refeição por dia ou um dia por semana. Você pode determinar jejuns de apenas algumas horas, ou até mesmo de uma única hora, contanto que você se mantenha em espírito de oração. Construa os seus músculos espirituais para que você esteja preparado para jejuns mais prolongados.
Outro item importante a ser observado na escolha do tipo e duração do jejum é a sua agenda, o tipo de ocupação que você exerce. Se você trabalha em escritório, é pastor ou dona de casa, por exemplo, pode achar mais fácil manter um jejum mais prolongado. Já se você tem uma atividade que exija esforço físico, talvez seja mais indicado um jejum de um dia apenas, ou um jejum parcial (descrito logo abaixo) ou apenas no fim de semana. Lembre-se também que pode não ser uma boa ideia você jejuar durante as férias, por exemplo, para não incomodar ou aborrecer seus familiares.
Resumindo, leve em conta seu trabalho e sua rotina na hora de escolher o tipo de jejum e sua duração.
A Bíblia conta basicamente dois tipos de jejuns
Um jejum parcial é descrito no livro de Daniel. Embora o jejum alimentar (só acompanhado de água) parece ser o costume do profeta, houve um período de três semanas em que apenas se absteve de "As Delícias", de carne e vinho (Daniel 10:3).
Além do jejum parcial de Daniel, os dois principais tipos de jejuns mencionados na Bíblia são o "absoluto" e o "sobrenatural absoluto”. Ambos são jejuns totais – sem alimentação sólida ou líquida. Paulo fez um jejum absoluto de três dias após seu encontro com Jesus na estrada para Damasco (Atos 9:9). Moisés e Elias se engajaram no que deve ser considerado um jejum sobrenatural absoluto de quarenta dias (Deuteronômio 9:9; I Reis 19:8).
Jejuns alimentares (só acompanhados de água) que duram vários dias (mais de três dias) devem ser realizados com repouso absoluto (preferencialmente com supervisão médica) por causa do perigo extremo de intoxicação, repartição dos tecidos vitais do corpo, e perda de eletrólitos. Pense muito seriamente e com responsabilidade se Deus realmente quer que você pratique um jejum nestas condições.
Quando se trata de fazer sua decisão final sobre que tipo de jejum é bom para você, o melhor conselho é seguir a liderança do Espírito Santo. Ele guiará seu coração e mente sobre o que é melhor para você. Lembre-se, a consideração mais importante em jejum é o seu motivo. Por que você está jejuando? Para buscar algo pessoal das mãos de Deus? Ou para buscar a Sua face em adoração, louvor e ação de graças?

Como preparar-se espiritualmente e fisicamente
Preparação espiritual
Antes de tudo examine seu coração e detecte qualquer pecado não confessado. Segundo as escrituras Deus sempre exige que o seu povo se arrependa de seus pecados antes de Ele ouvir suas orações. Veja o que o rei Davi disse:
     “Eu gritei, pedindo a sua ajuda; então o louvei com hinos. Mas, se eu tivesse guardado maus pensamentos no coração, o Senhor não teria me ouvido.”


     Salmos 66.16-20 (ntlh)

Em suas orações, confessar não só os pecados óbvios, mas os menos óbvios também. Os pecados de omissão, egoísmo, indiferença espiritual, falta de vontade de compartilhar sua fé em Cristo com outros. Você pode ser hipócrita com as pessoas, mas não consigo mesmo, pois Deus conhece o seu íntimo. Converse com você mesmo diante de Deus e confesse os pecados do seu coração antes de iniciar o seu jejum.
Preparação física
Embora o jejum seja principalmente uma disciplina espiritual, ele começa no reino físico. Você não deve jejuar sem preparação física específica.
Se você está pensando em jejuar durante vários dias, você deve comer refeições menores antes de abster-se completamente. Resista à tentação de fazer um banquete antes do jejum. Reduzir suas refeições alguns dias antes de começar o jejum vai sinalizar à sua mente, estômago e apetite que menos comida é aceitável.
Alguns profissionais de saúde sugerem comer apenas alimentos crus durante dois dias antes de começar o jejum. Recomendável também parar com a cafeína e produtos com açúcar, isso aliviará o desconforto inicial dos primeiros estágios do jejum.

Como lidar com as perguntas dos amigos e entes queridos
Muitas pessoas relutam em dizer aos outros que estão jejuando para obedecer a uma orientação de Jesus:
     “Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam... Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça e lava o rosto, com o fim de não parecer aos homens que jejuas, e sim ao teu Pai, em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”


     Mateus 6.16-18

Reflita um pouco sobre esta passagem, querido irmão, e pense sobre a verdadeira intenção de Cristo nesta mensagem. Pergunte-se: o foco desta mensagem está em ordenar que o jejum seja feito em escondido? A mensagem está dizendo simplesmente que o jejum não deve ser feito para que os homens vejam (“... desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam...”) e sim somente ao Pai.
A comunhão com os irmãos mais próximos durante o jejum pode ser de grande ajuda. Seu pastor, seu cônjuge, seu irmão na fé, filhos ou pais, podem sim ajudar a cumprir seu jejum. Talvez possam até jejuar com você. Assim você se torna menos suscetível a dúvidas e influências negativas. Precisamos do escudo da oração dos nossos amigos cristãos e familiares para nos ajudar a continuar quando nos sentimos sozinhos e quando o inimigo nos tenta a desistir. Inclusive porque as pessoas vão perceber que você não está comendo.
Normalmente não há razão para dizer a estranhos ou conhecidos casuais que você está jejuando. Se você fizer isso, eles podem sujeitá-lo a um monte de perguntas que você não quer responder. Mas em qualquer caso, use o bom senso. Informe seus mais próximos irmãos na fé sobre seu jejum, e não jejue para os homens, e sim para o Pai.

Quais são os efeitos físicos a esperar
As dores da fome são geralmente maiores durante os primeiros dias do jejum. Seu corpo está se ajustando e utilizando o alimento ainda presente em seu aparelho digestivo (que permanece cerca de três dias) para consumo de gorduras armazenadas.
Colocamos a seguir alguns sintomas esperados:
  • Frieza, mau hálito e odor corporal elevado. Tonturas, alterações no sono e sonhar sonhos repetidos.
  • A língua revestida de branco no início de um jejum pode ser uma reação do corpo de expelir toxinas.
  • Ir ao banheiro muitas vezes (você estará bebendo muita água!)
  • Dores de cabeça ou estômago podem ser resultado do organismo sentir falta de açúcar, sal, ou a retirada da cafeína no organismo. Por isso a importância da redução destes itens na alimentação antes de iniciar o jejum.
  • Dor na parte baixa das costas pode indicar que você está desidratando. Nesse caso beba bastante água.
Com o tempo muitos destes sintomas desaparecem. Dores contínuas em uma determinada área do corpo geralmente significa que a eliminação de tecido adiposo está acontecendo nessa área, o que não é prejudicial. No entanto, você deve parar seu jejum se está tendo dor intensa ou inchaço.
Durante o jejum, você pode ter suas lutas, desconfortos, vitórias espirituais, e fracassos. De manhã você pode se sentir como se estivesse no topo do mundo, mas à noite você pode estar lutando contra a carne, tentado atacar a geladeira e contando quantos dias ainda faltam. Para neutralizar tentações como essas tenha mais tempo com o Senhor. Tente caminhar um pouco e fale com o Senhor enquanto caminha. E continue bebendo bastante água.

Como terminar o jejum e voltar a sua rotina normal de maneira saudável
Todos os especialistas concordam que "quebrar o jejum" é a fase mais crítica do jejum. Enquanto seu corpo estava em jejum, o seu estômago diminuiu e seu intestino se ficou ocioso. Alimentos sólidos devem ser reintroduzidos lentamente para evitar uma insuficiência renal ou alguma aflição digestiva.
Além disso, se você terminar o seu jejum gradualmente, os efeitos benéficos físicos e espirituais irão durar mais. Se você se apressar em consumir alimentos sólidos, você pode perder muito do sentimento profundo de paz e pode ter problemas físicos, tais como diarreia ou até desmaios devido ao choque.
É aconselhável começar com algo leve e nutritivo, como um pouco de sopa de legumes e frutas frescas. Quanto à rotina de atividades físicas, o conselho é o mesmo. Comece devagar, dando tempo para o seu corpo se reajustar ao seu regime habitual.

Como tornar esta experiência espiritual a melhor possível
Receber a melhor bênção de Deus a partir de um jejum requer um compromisso sólido. Arranjar tempo especial a cada dia com Deus é absolutamente crucial para alcançar comunhão íntima com o Pai. Você deve dedicar-se a buscar a face de Deus, mesmo (e principalmente) durante aqueles momentos em que você se sente fraco, vulnerável, ou irritável. Leia a Sua Palavra e ore. Medite sobre Ele quando você estiver acordado durante a noite. Cante louvores a Ele quando quiser. Concentre-se em seu Pai Celestial e faça de cada ato um ato de louvor e adoração. Deus permitirá que você experimente Sua ordem de "orar sem cessar", enquanto você buscar a Sua presença.
Assim que entrar neste tempo de devoção espiritual, esteja ciente de que Satanás fará tudo que puder para tirá-lo do seu tempo de oração e leitura da Bíblia. Quando você sentir que o inimigo está tentando desencorajá-lo, vá imediatamente a Deus em oração e peça-lhe para fortalecer sua resolução em face das dificuldades e tentações.
O inimigo faz de você um alvo, porque ele sabe que o jejum é a mais poderosa de todas as disciplinas cristãs e que Deus pode ter algo muito especial para lhe mostrar. Satanás não quer que você cresça em sua fé, e fará qualquer coisa para deixar você com fome e mal-humorado, trazendo problemas em sua família ou no trabalho, e para fazê-lo desistir. Faça da oração o seu escudo contra tais ataques.
Orar por nossas próprias necessidades e intercedendo por outros também são razões importantes para jejuar e orar. Traga as suas necessidades pessoais diante do Senhor, interceda por seus entes queridos, seus amigos, sua igreja, seu pastor, sua comunidade, sua nação. Por suas preces de humildade, enquanto jejua, você vai ajudar para que a Grande Promessa seja cumprida.
O verdadeiro jejum espiritual se concentra em Deus. Centralize todo seu ser Ele, suas atitudes, suas ações, suas motivações, desejos e palavras. Isso só pode funcionar se Deus e o Espírito Santo estiverem no centro de nossa atenção. Confesse seus pecados enquanto o Espírito Santo os traz à sua mente e continue a concentrar-se em Deus e somente em Deus para que suas orações possam ser poderosas e eficazes.
Uma aproximação renovada com Deus e uma maior sensibilidade para as coisas espirituais são geralmente os resultados de um jejum. Não fique desapontado se você não teve uma "experiência grandiosa". Algumas pessoas que honestamente buscaram a Deus em jejum relatam não terem tido bons resultados em particular. Mas outros que concluíram com êxito jejuns prolongados disseram sentir uma proximidade com Deus nunca antes conhecida. Para estes o jejum foi fisicamente, emocionalmente e espiritualmente cansativo, mas eles sabiam que haviam sido chamados por Deus para jejuar, e completaram o jejum por Ele como um ato de adoração. Deus honrou esse compromisso.
Sua motivação para jejuar deve ser glorificar a Deus, não para ter uma experiência emocional, e não para alcançar a felicidade pessoal. Quando seus motivos estão corretos, Deus honrará os desejos de seu coração e abençoará o seu tempo com Ele de uma forma muito especial.



Referências:
  • As informações deste texto foram extraídas de um guia sobre jejum escritas originalmente pelo ministro Bill Bright e publicadas no portal www.ccci.org. O Ministro e Evangelista presbiteriano Dr. Bill Bright foi fundador do “Campus Crusade For Christ International” e autor de diversos livros.
  • Bíblia de Genebra


Assuntos relacionados:


36 comentários:

  1. ESTAS PALAVRAS VAI ME AJUDAR E MUITO.

    ResponderExcluir
  2. muito boa a orientação gosteimuito que deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom ensinamento para aquelas pessoas que querem jenjuar pela primeira vez.

      Excluir
    2. Obrigada! Muito bom ...jejuar ...é estar perto de Jesus!

      Excluir
  3. Muito claro este texto, me deu muita compreensão, obrigada e que Deus abençõe!

    ResponderExcluir
  4. Me ajudou muito, eu vou ler de novo outra hora ou outro dia porque eu me esqueço de certas coisas rápido, mais eu to lembrado 85% de tudo aí, eu agradeço a quem fez o texto me ajudou bastante, agora eu queria saber só de uma coisinha, a pessoa pode ficar no computador? mais é claro que não vou jogar jogos mais sim ouvir hinos porque não tenho celular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que pode! Mais não se esqueça que jejuar é matar o desejo da carne, ou seja cuidado pra não cair em tentação e ficar vendo sites ou coisas que vão alimentar a carne ao invés do Espirito.

      Excluir
  5. Muito bom! Eu estava procurando exatamente esses ensinamentos sobre o jejum, pois estarei fazendo pela primeira vez.....
    Achei a matéria completa sobre o jejum. Obrigada, fiquem na Paz!

    ResponderExcluir
  6. eu to querendo fazer jejum e oração e estava procurando como fazer!
    encontrei tudo o que queria nesse texto, vcs estão de parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. Nossa esses ensinamentois profundo claros deviam ser mais pregados nas igrejas eu ja jejuei algumas vezes porem nao sabia de tais compementos que aprofundam mais ainda a espiritualidade com Deus.
    Parabens.

    ResponderExcluir
  8. Gracias mui bien. gracias!!!

    ResponderExcluir
  9. Que texto perfeito, valew mesmo !

    ResponderExcluir
  10. Posso fazer jejum a partir das 23:00 hrs ate 00:30 uma hora e meia? Ou so pode durante o dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PODE SIM ..RELEIA O TEXTO QUE VC VAI VER Q SE FALA ATE MESMO Q PODE FAZER EM UMA HORA

      Excluir
  11. Vai me ajudar muito a ter mas proximidade com Deus.agora só uma pergunta,como não tenho muito tempo posso fazer o jejum e oração no intervalo da escola?

    ResponderExcluir
  12. Muito bom; nem nas pregações até hoje ouvi uma explicação tão boa e clara. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  13. Excelente; nem na igreja ouvi uma aula tão boa sobre o tema

    ResponderExcluir
  14. Obrigada! Era tudo que eu queria saber

    ResponderExcluir
  15. Nossa!! Muito bom, está bem explicado. Obrigada pela orientações.

    ResponderExcluir
  16. A paz eu estudo se manhã ... posso começar meu jejum em casa e depois termina ... queria saber se pode fazer jejum enquanto estou estudando...

    ResponderExcluir
  17. Por favor se após começar o jejum e por um descuido tomar um gole de café ou ter provado algum tipo de alimento, mesmo um pequeno pedaço de algo alimentar, perde todo o jejum e começa em outro dia, ou pode continuar após pedir perdão pelo deslize ao senhor??

    ResponderExcluir
  18. Excelente! Deus abençoe grandemente sua vida! Ajudou bastante e esclareceu dúvidas.

    ResponderExcluir
  19. Euu quero fazer jejum pela primeira vez.posso fazer de cortta o refrigerante ou outra coisa d meu cardapio.

    ResponderExcluir
  20. Obrigada pelas ótimas orientações. Que essa leitura alcance muitos outros que estão com dúvidas sobre jejum. Amém!

    ResponderExcluir
  21. Agradeço a orientação.
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  22. Como eu faço para fazer jejum eu não entender muito o texto? Descupa

    ResponderExcluir
  23. Parabéns texto excelente. .muito edificante ..

    ResponderExcluir
  24. Muito bom! Texto bem direcionado, obrigada por compartilhar...
    É uma bênção jejuar, buscar por consagração; estar mais unido com Cristo #NaoTemPreço :)

    ResponderExcluir
  25. por favor queria saber a respeito do jejum e o sexo quando for casados , temos que jejuar tudo ,quero dizer nao podemos ter relaçao sexual quando estou jejuando, me tire esta duvida?

    ResponderExcluir
  26. Obrigada pela excelente explicação sobre o Jejum! Deus o abençoe poderosamente e te use cada vez mais!!!

    ResponderExcluir
  27. Obrigada pela excelente explicação sobre o Jejum! Deus o abençoe poderosamente e te use cada vez mais!!!

    ResponderExcluir
  28. Obrigada pelos ensinamentos. Foi muito útil. Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  29. Eu quero fazer jejum para cura do meu filho eu posso ficar orando de manhã meia hora me ajuda preciso muito de aprender

    ResponderExcluir