sexta-feira, 27 de abril de 2012

Brennan Manning

Brennan Manning

Autor do livro "O Evangelho Maltrapilho"





Brennan Manning - batizado Richard Francis Xavier - nasceu em New York na primavera da grande depressão americana. Ele cresceu no Brookly, junto com seu irmão Robert e sua irmã Geraldine. Depois de terminar o colegial e frequentar a Universidade por dois anos, alistou-se na Marinha dos EUA e foi enviado ao exterior para lutar na Guerra da Coréia.


Ao retornar Brennan iniciou um curso de jornalismo na universidade. Mas logo partiu depois de um semestre à procura de “algo mais" na vida. "Talvez esse ‘algo mais’ seja Deus", sugeriu um conselheiro, levando Brennan a ingressar em um seminário católico.

Em fevereiro de 1956, enquanto Brennan meditava sobre os caminhos de Jesus até a cruz, uma poderosa experiência pessoal do amor de Jesus Cristo selou o chamado de Deus em sua vida. "Naquele momento", recordou mais tarde, “toda a vida cristã se tornou para mim uma relação íntima e profunda com Jesus". Quatro anos mais tarde, graduou-se e ainda completou mais quatro anos de estudos avançados em teologia. Maio 1963 marcou sua formatura no Seminário St. Francis e ordenação ao sacerdócio franciscano.

Após anos atarefados e dedicados aoministério (instrutor de teologia e ministro do campus; instrutor de liturgia e diretor espiritual; estudante de graduação em escrita criativa e em escrita e liturgia) Brennan foi dos corredores da academia para ruas pobres da Europa e dos Estados Unidos.

Com uma licença de dois anos dos franciscanos Brennan foi para a Espanha no final dos anos sessenta. Ele se juntou a uma ordem comprometida com uma vida contemplativa entre os pobres - um estilo de vida de trabalhos manuais e noites envoltos em silêncio e oração. Entre suas muitas e variadas atribuições, Brennan tornou-se um aguador (carregador de água), transportando água para as aldeias rurais usando burro; assistente de pedreiro; lavador de louça na França; um prisioneiro voluntário em uma prisão suíça, com sua identidade de padre conhecido apenas pelo diretor (a fim de dar apoio espiritual a presidiários); ainda passou por uma fase de contemplação, solidão e isolamento em uma caverna remota por seis meses no deserto de Zaragoza.

Durante seu retiro na caverna, Brennan foi mais uma vez fortemente confrontado com a revelação do amor de Deus em Cristo crucificado. Em uma noite de solstício de inverno, ele recebeu a palavra do Senhor: "Por amor a você eu saí do lado do meu pai. Eu vim a você e você correu de mim, fugiu de mim, não queria ouvir o meu nome. Por amor a você, eu fui coberto de cuspe, esmurrado e espancado, e pregado à madeira da cruz". Brennan viria a refletir: "Essas palavras entraram queimando em minha vida. Naquela noite eu aprendi o que um velho sábio franciscano me disse no dia em que entrei para a Ordem. Que uma vez que você conhecer o amor de Jesus Cristo, nada mais no mundo vai parecer tão bonito ou desejável ".

Brennan voltou para os EUA nos anos setenta. Ele e outros quatro sacerdotes estabeleceram uma comunidade experimental no Alabama. Buscando levar uma vida franciscana, eles se instalaram em uma casa e silenciosamente passaram a trabalhar em barcos de pesca, ministrando para os pescadores de camarão e as famílias que tinham se afastado da igreja. Junto à casa da comunidade havia uma capela que tinha sido destruída pelo furacão Camille. Eles a restauraram e começaram a oferecer reuniões litúrgicas e evento social nas noites de sexta-feira, que logo se tornou um encontro popular e levou ao retorno de muitas famílias para o engajamento com a igreja local.

Em meados dos anos setenta Brennan retomou o ministério no campus. No entanto, seu bem sucedido ministério foi duramente interrompido quando ele sofreu um colapso relacionado ao alcoolismo adquirido. Seis meses de tratamento em um centro de recuperação restauraram a sua saúde e o colocou no caminho da recuperação.
Foi neste momento em sua vida que Brennan Manning começou a escrever a sério. Um livro atrás do outro. Os convites para falar e para liderar retiros espirituais se multiplicaram exponencialmente. Hoje, Brennan viaja extensamente e continua a escrever e pregar, e a encorajar homens e mulheres em todos os lugares a aceitar e abraçar a boa notícia do amor incondicional de Deus em Jesus Cristo.









Livros Brennan Manning publicados no Brasil: 
  • Convite à Solicitude, 2007 - Souvenirs of Solitude, 1979
  • Meditações Para Maltrapilhos, 2008 - Reflections for Ragamuffins: A Daily Devotional, 1998
  • O Evangelho Maltrapilho, 2005 - The Ragamuffin Gospel, 1990
  • Confiança Cega, 2009 - Ruthless Trust: The Way of the Ragamuffin, 2001
  • O Impostor Que Vive Em Mim, 2006 - Abba’s Child, 2002
  • Falsos, Metidos e Impostores, 2008 - Posers, Fakers and Wannabes, 2003
  • O Obstinado Amor de Deus, 2007 - The Rabbi’s Heartbeat, 2003
  • Convite à Loucura, 2007 - The Importance of Being Foolish, 2006
  • O Anseio Furioso de Deus, 2010 - The Furious Longing of God, 2009
  • Colcha de Retalhos, 2010 - Patched Together (A Story of My Story), 2010
  • Deus O Ama Do Jeito Que Você É, 2011 - Smack Dab in the Middle of God’s Love, 2011

Outros títulos: 
  • Lion and Lamb: The Relentless Tenderness of Jesus, 1986
  • The Boy Who Cried Abba: A Parable of Trust and Acceptance, 19968
  • All is Grace: A Ragamuffin Memoir, 2011
  • Above All
  • Journey of the Prodigal, 2002
  • The Wisdom of Tenderness, 2002
  • A Glimpse of Jesus: Stranger to Self-Hatred, 2003


Referência: 
  • Traduçao livre e integral de: http://brennanmanning.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário