quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Diferenças entre as traduções bíblicas Almeida Revista e Corrigida, e Almeida Revista e Atualizada




          Uma pergunta que sempre fazem em nossa livraria é: afinal, qual é a diferença entre as traduções bíblicas Almeida Revista e Corrigida, e Almeida Revista e Atualizada? A resposta é simples e está ligada à forma como as traduções evoluíram.  Veja:



          A primeira versão em português do Novo Testamento - feita por João Ferreira de Almeida - foi publicada em 1681. O texto fonte que o tradutor dispunha na época era o assim chamado “texto recebido” (textus receptus, obra editada por Erasmo de Roterdã em 1516 a partir de manuscritos gregos da Idade Média). Este é o primeiro texto grego publicado do Novo Testamento e era o único disponível na época de João Ferreira de Almeida. Ou seja, essa era simplesmente a única fonte que ele dispunha (além de obras já traduzida para outros idiomas, como o Novo Testamento em espanhol, o francês e o italiano). Esta primeira versão do Novo Testamento em português passou por sucessivas revisões até culminar numa edição publicada em Lisboa em 1898 e batizada de “Almeida Revista e Corrigida”. Nascia aqui a primeira edição da popularmente conhecida hoje como RC (Revista e Corrigida).




Parte da página 336 (João 18) do Novo Textamento Grego de Erasmo, Textus Receptus.


          Acontece que durante o século 19 e 20 foram descobertos novos manuscritos gregos mais antigos do que os disponíveis até então. Muitos copiados no quarto século d.C. e alguns até mesmo antes disso. Ou seja, manuscritos mais próximos do tempo dos apóstolos e evangelistas. A partir desses novos manuscritos passaram a ser publicadas novas edições no Novo Testamento, chamadas de “Edições Críticas”. 
          A primeira edição da versão Almeida Revista e Atualizada foi publicada em junho de 1959 e teve como fonte uma versão das “Edições Críticas”, mais exatamente a 16ª edição do Novo Testamento Grego. Nascia aqui a primeira edição da popularmente conhecida hoje como RA (Revista e Atualizada).



Texto Recebido x Edições Críticas
          As sucessivas transcrições dos textos ao longo de séculos gerou um fenômeno curioso observado nos “Textos Recebidos”. Algumas anotações colocadas à margem dos manuscritos acabaram sendo incorporadas ao próprio texto. Ao se comparar os “Textos Recebidos” com as “Edições Críticas” observa-se no primeiro a presença desses comentários, enquanto o segundo é um texto mais curto.

Diferenças entre RA e RC
          A diferença mais importante a se observar entre as versões RA e RC são os textos utilizados como fonte para a tradução. A versão RC utilizou os “Textos Recebidos” e a versão RA as “Edições Críticas”. Pelo fato da RC possuir comentários ordinários, os editores da Revista e Atualizada, em respeito aos leitores já acostumados às antigas versões Revista e Corrigida, optaram por preservar esses comentários entre colchete.  Um exemplo pode ser visto em:
          “Eu, porém, vos digo que todo aquele que [sem motivo] se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento...” Mateus 5.22
          “... e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal [pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém]!” Mateus 6.13
          Outra diferença importante é que a edição RA foi publicada sem a presença de cerca de 2.000 tipos de cacófato presentes nas edições RC.

          Além disso, o nome de Deus (Javé) utilizado na RC foi substituído por SENHOR na RA, e impresso assim, em letras maiúsculas.
          Apesar dessas diferenças há um consenso entre tradutores, editores e estudiosos que as passagens centrais da fé cristã – Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador – são claras e concordantes em ambas as traduções.


16 comentários:

  1. tambem o texto de salmos 8.5 que e o mesmo de hebreus 2.7 que diferença ein??????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui Salmos 8.5 nas duas versões:
      RC -> Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus e de glória e de honra o coroaste.
      RA -> Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste.

      Aqui o autor de Hebreus citando os Salmos:
      Hebreus 2.7
      RC -> Fizeste-o, por um pouco, menor que os anjos, de glória e de honra o coroaste [e o constituíste sobre as obras das tuas mãos].
      RA -> Tu o fizeste um pouco menor do que os anjos, de glória e de honra o coroaste e o constituíste sobre as obras de tuas mãos.

      Excluir
    2. Eu consultei aqui na minha RA (Série RA 043/46 SBB 92) e está de forma invertida ao citado (RA x RC). Assim, na minha RA, o está exatamente igual à RC. Idem nos demais exemplos. Como eu queria ter as 2 versões, acabei ficando com 2 iguais, sendo uma RA e uma RC. Claro que isto não é um problema, apenas citei pela situação inesperada. Obrigado pelos esclarecimentos.

      Excluir
  2. Apenas uma observação, no texto original eles utilizaram a palavra 'elohiym que pode significar tanto anjo, deus ou o verdadeiro Deus (Jave).

    ResponderExcluir
  3. E pq tirou o nome de Deus Javé na RA e substitui por Senhor em maiúscula? Por exemplo em Êxodo 6: 2,3 Deus se apresentou a Moisés, dizendo que ele era o Senhor e que apareceu a Abraão, a Isaque e a Jacó como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, o SENHOR, näo lhes fui perfeitamente conhecido. E poderia continuar sem ser conhecido pq tiraram o nome dele, Javé de alguamas traduções. Eu aprendi na escola, que Senhor é pronome de tratamento, e ñ nome próprio. Se o Deus verdadeiro apareceu a Moisés e deu o nome dele Javé então temos de chamá-lo pelo nome dele Javé ou Jeová que é o que mais se usa no português. Senhor tbm é meu pai, meu tio, onde eu trabalho, eu chamo os clientes de senhor. O Salmo 83:18 Deus diz que deveriamos saber que ele é o altíssimo sobre toda a terra e o nome dele é Javé ou Jeová. Eu pergunto na versão RA 'Senhor' esse é o nome do Deus Altíssimo, que apareceu a Abraão, Isaque e a Jacó? A Bíblia em Rom. 10:13 diz “Todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo.” Em Eze. 39:6 diz: “As pessoas terão de saber que eu sou Jeová.”
    Em João 17:26 Jesus Cristo disse a seu pai: Eu lhes [a seus verdadeiros seguidores] tenho dado a conhecer o teu nome e o hei de dar a conhecer.”
    Então ficou claro que Jeová o único Deus Verdaeiro e Todo-Poderoso que que o chamemos pelo nome.
    E 1 Reis 11:4-8 mostra que salomão se desviou de servir a Jeová Deus, mostra que existe deuses falsos. É por isso que devemos chamar o Deus verdadeiro pelo nome Jeová.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido visitante. Esse é um assunto sensacional e que muitos cristãos ainda desconhecem alguns destalhes. Eu espero, se Jeová permitir, produzir um texto para falar sobre esse tema.
      Um abraço

      Excluir
    2. Concordo! Deus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Muitas palavras em português são uma coisa no árabe, no alemão, no italiano, etc, etc, etc. são outras. Assim como costumes são diferenciados pelos países. ALIÁS para Moisés ele (o SENHOR) se apresentou como o EU SOU. Pois sinto dizer aos demais que Deus não tem nome específico. Assim como nem o nosso nome será o que temos. Paz seja convosco.

      Excluir
    3. Respondo ao anônimo que ele deve ser um velho de denominação de costumes (heresias como Cristã no Brasil, Voz verdade, Jeová, etc)e não de doutrinas. Deus disse a Moisés "diga a Faraó que o EU SOU me enviou. Deus não tem nome especifico. Ele é tudo em todos. EU SOU, JAVÉ, JEOVÁ, SENHOR, PAI, JESUS, CRISTO, EMANOEL. É tudo a mesma coisa. A pessoa não irá para o inferno por causa de nome, mas deve guardar sua palavra na mente que é mais importante que a referência "coração" pois o coração apodrece na terá, mas, devemos ter a mente de Cristo que para a glória incorruptível.

      Excluir
    4. Baal (em hebraico: בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor ou Lorde.
      Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Baal

      Excluir
  4. Há uma grande confusão quando substitui o nome de Jeová por "SENHOR",senão vejamos:" Disse o SENHOR ao meu Senhor.Assenta-te a minha mão direita até que eu ponha teus inimigos por escabelo dos teus pés."(Salmos 110:1). Pergunto:quem falou a quem? Para quem procura o CONHECIMENTO EXATO DA VERDADE está claro. SENHOR significa JEOVÁ, Senhor, JESUS CRISTO.Mais ainda:"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus,que,sendo em forma de Deus,não teve por usurpação ser igual a Deus"(Filipenses 2:5,6), ou seja,Jeová é Deus, o Pai;Jesus Cristo é o messias,o enviado de Deus,o Filho,nosso Salvador. Votos a todos que procuram que encontrem a VERDADE pois Deus não deve ser posto a prova (Mateus 4:7) mas religião sim, deve ser posto a prova." Certificai-vos de todas as coisas;apegai-vos ao que é excelente."(1 Tessalonicenses 5:21)

    ResponderExcluir
  5. http://www.fonteevangelica.blog.br/2010/11/diferencas-entre-as-traducoes-biblicas.html

    Este ponto sobre a diferença dos nomes de DEUS nas versões da Bíblia RA pela RC é muito importante!
    Temos que está atentos aos acontencimentos em cada século. O invocar o nome de DEUS traz a presença de Deus até nós, Perto está o SENHOR de todos os que o invovcam (em verdade) Sl 145:18, Sabemos que DEUS foi chamado por EU SOU, JAVÉ, JEOVÁ, SENHOR, SENHOR DOS EXÉRCITOS, PAI, JESUS, CRISTO, EMANUEL como foi dito acima em outros comentários, e de fato ninguem vai para o inferno por causa do nome, porque todo aquele que Nele crê tem a vida eterna, é fato, nada de lago de fogo para quem crê, a questão é a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte de Deus para a Terra, temos aqui mudança de domínio do Reino terreno. Aí que entra o NOME do Senhor, antes do SENHOR JESUS descer e "habitar" mas na versão grega é "tabernacular" em nós conforme Jo 1:14, o nome que os sarcedotes invocavam era JAVÉ, JEOVÁ, após Jesus Cristo vim, morrer, ressucitar e enviar O ESPÍRITO SANTO, os discípulos que receberam o privilégio da unção, conseguiram perceber que o Nome de DEUS agora é JESUS CRISTO, portanto para trazer a presença de DEUS por meio do ESPIRITO SANTO agora é qual?? I Jo 5:20. Agora entendemos porque o SENHOR deixou um mandamento importantissimo, Não tomarás o nome do SENHOR, teu DEUS, em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão. Inocente do que? inocente perante os pecados que o JESUS CRISTO limpará com seu sangue. Agora o que temos? seu eu invocar outra coisa que não seja JESUS CRISTO agora no presente, eu tomo o nome do SENHOR em vão, não toco no ESPIRITO SANTO, então o SENHOR não me inocenta. Legal agora o "Gran Finale" a troca do nome na versão RA para SENHOR é para percebermos que o nome de DEUS muda, e na nova Jerusalem, mudará denovo, Ap 3:12. E Por isso muitos invocarão JESUS CRISTO, mas não trará mais o ESPIRITO SANTO até elas, vamos valorizar o nome do SENHOR agora que sabemos qual é JESUS CRISTO (JEOVÁ+SALVAÇÃO) e vamos praticar diariamente o que ELE mesmo disse no começo da sua oração. Pai Nosso que estás no céu, santificado seja o Teu NOME (...) JESUS CRISTO É O NOSSO SENHOR E SALVADOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No comentário acima foi dito que os discípulos que receberam o privilégio da unção perceberam que o nome de DEUS agora é JESUS CRISTO ??. Como estudante aprendi que a Bíblia é um livro de harmonia e não de contradição. O que a bíblia realmente ensina é que: "Ninguém jamais viu a Deus"(1 João 4:12). Isto está em harmonia com o que esta escrito: " Não podes ver a minha face, porque homem algum pode ver-me e continuar vivo."(Êxodo 33:20).portanto , se CRISTO é DEUS como multidões e seus apóstolos o virão?? Alguém se habilita em responder?

      Excluir
    2. Deus Pai e Deus filho, são dois deuses???
      Claro que não, Cristo em essência está em plena comunhão com o Pai e é por Ele que nos devemos achegar ao pai. É fato que a bíblia diz que ninguém viu a face de Deus pai e ficou vivo...
      Mas em João cap.14 v. 8 e 9 - diz - 8 Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. 9 Disse-lhe Jesus: Estou a tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?

      Concluindo, para ver Deus, é Jesus Cristo
      Quer se achegar a Deus, olha pra Jesus.
      Adorando a Jesus você estará adorando ao Pai assim como diz o texto.

      Excluir
    3. Jesus falou:" Ouviste que eu vos disse: Vou embora e venho de volta a vós. Se me amasseis, alegrar-vos-ei porque vou embora para o Pai, porque o Pai é maior do que eu" (João 14:28). Sabemos que Jesus Cristo é filho unigênito de Deus. o UNICO CAMINHO para chegar até ele mas o que muitos desconhecem é que Deus tem um NOME BÍBLICO.
      "Jesus por sua vez respondeu-lhes e disse: " o que eu ensino não é meu, mas pertence àquele que me enviou"".(JOÃO 7:16)

      Excluir
    4. A questão do Nome de Deus é bem simples de ser resolvida, leia o prefácio da edição e lá a equipe de tradutores explicam o porque de não usar o Tetragrama Sagrado. A propósito, o Nome do SENHOR não é Javé ou Jeová, e sim YHVH (transliterado) cuje pronuncia se perdeu com o tempo entre os judeus e cristãos. Essa questão é muito mais judaica que cristã, pra dizer mais da verdade, o Nome que importa ser salvo é o de Jesus. Somente por este Nome que veremos a glória eterna.

      Excluir
  6. Baal (em hebraico: בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor ou Lorde.

    Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Baal

    ResponderExcluir